23/02/2018 - 04:49

O Sempre, o Nunca, o Tudo, o Nada e Coisas.

Carlos Fernandes
SEMPRE queremos que tudo dure para SEMPRE e que NADA, NUNCA se acabe, porém, NUNCA lembramos que NADA dura para SEMPRE e que o NUNCA, ( NUNCA ) existe...

Verdadeira UTOPIA de verdade!!!

O Nunca e o Sempre, são limítrofes imaginários, quase reais, tal qual, o AMOR e o ÓDIO, o BEM e o Mal, a ALEGRIA e a TRISTEZA, a RIQUEZA e a POBREZA e, entre eles, aquele de maior certeza: A VIDA e a MORTE.

Devemos agir como se amanhã, não fossemos mais existir e o mágico disso é não sabermos como e nem quando PARTIREMOS, para assim, SEMPRE , fazermos o nosso melhor hoje.

Amemos o próximo hoje, nos doe-mos hoje.

Pratiquemos Fraternidade e um dos mais singelo dos sentimentos, perdoemos os erros dos outros.

NADA é eterno.

O limite queos separam é o “FIO DA NAVALHA”, chamado : ATITUDE.

Sendo assim, devemos nos ater ‘delas’, pois, as consequências serão conforme as semaeamos. TUDO que plantamos, colhemos. O semear é livre, porém, a clheita...

NADA é em vão.

Ainda, é de suma importância REFLETIRMOS que, COISAS foram feitas para serem usadas e pessoas para serem amadas, pois, ultimamente, usam-se pessoas e ama-se coisas.
Voltar
Carlos Fernandes
Coaching e Palestrante
Facebook curtir
Site desenvolvido por: