27/05/2017 - 04:09

Policia Federal e as eleições de 2018 - Jornaista Manoel Afonso

Manoel Afonso
As eleições de 2018 – em todo país – passam sim pela atuação desta instituição, criticada pelos políticos, mas aplaudida pela imensa maioria da população. Ela faz seu trabalho, mas às vezes ingerências estranhas atuam contra, soltando culpados inclusive. Mas o povo já entendeu isso.

ASSUSTADOS é que não faltam por aí. A lista deles passíveis de embarcar no camburão preto e dourado da Federal não é pequena. Tudo pode acontecer. Esse papo de que tudo estaria sob controle é falácia. Para isso ‘primeiro seria preciso combinar com a Polícia Federal”. E isso felizmente é impossível.

AO SACRIFÍCIO? Ouvi no saguão da Assembleia Legislativa que o PMDB, diante do quadro ruim poderia optar pela candidatura a governador do prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos (PR), ligadíssimo ao ex-deputado federal Edson Giroto. Os senadores peemedebistas Waldemir Moka e Simone Tebet veriam o nome como boa opção.

COMPLICADO Os deputados do PMDB querem e precisam de uma candidatura majoritária sob pena de acabarem fritos como naquela eleição em que a ex-deputada Celina Jalad saiu candidata a vice governadora de Gandi Jamil. Cá entre nós: só de se falar em PR e Giroto o pretenso candidato estará estigmatizado.

NA TEVÊ? Para compensar o fim das propagandas com a Fatima Bernardes e Tony Ramos, o grupo contolador da Friboi investe em alguns de seus 44 produtos - Margarina Doriana, Swift e Sandálias Havaianas. Bem, há chances do consumidor boicotar seus outros produtos; PMDB, PSDB, PT, PP, PR.



ESSES JUÍZES... A mídia foca no Planalto e ignora o diálogo do senador Aécio Neves (PSDB) e o ministro do STF Gilmar Mendes pedindo favores inclusive. Juiz suspeito. Juiz é pago pra julgar e não dar palpites. O pessoal da toga quer aparecer, como faz o ex-ministro Joaquim Barboza. Quando devia, se acovardou com ‘dor nas costas’.



TEM JEITO? Conta Sergio Longen, presidente da Fiems (Federação da Indústria de MS), das dificuldades que encontra para colocar em pratica vários cursos profissionalizantes aqui na capital. Após a euforia do período das inscrições, o pessoal começa a faltar nas noites em que há futebol na TV.. Futuros clientes do Bolsa Família.



‘BELEZA’ O que pensa o leitor que assistiu as cenas do bate-boca envolvendo os senadores (PMDB) Moka e Renan nesta quarta feira? O que falar então das referências jocosas de Renan quanto a figura do deputado Carlos Marun, chamado de ‘enviado de Curitiba’? Pois é: o PMDB também apodreceu.


“Comparadas à Brasília, Sodoma e Gomorra são conventos de carmelitas descalças”. (Rogério Distéfano)
Voltar
Site desenvolvido por: