21/04/2018 - 06:07

BBB 18: Reality chega ao fim e prova que ainda não morreu

"No Ponto" - Igor Matheus
Chegou ao fim, a 18ª edição (caramba, tudo isso!) do Big Brother Brasil, pela Rede Globo, uma das edições campeãs de popularidade nos últimos anos, provando ter fôlego suficiente pra mobilizar um país diante da televisão e provocar um verdadeiro "hecatombe" nas redes sociais.

Uma final que seguiu fielmente o desejo do público: o refugiado sírio e cativante Kaysar, a batalhadora e humilde Gleici e a ousada e, não menos querida, Família Lima (Ayrton e Ana Clara).

Merecida, Gleici, a primeira acreana do programa, foi a vencedora desta edição, com 57,28% dos votos, contra 39,33% de Kaysar e 3,39% dos Lima.

Gleici foi uma vitória justa, não pela condição de vida na periferia de Rio Branco/AC, mas pelo seu jeito simples e humilde de ser, elementos conquistadores do público.

De notável, as macaquices de Tiago Leifert (o que já é de praxe), e seu surpreendente recado a Sonia Abrão (a detestadora oficial dos Lima) e o apoio da Globo com a ONU (Organização das Nações Unidas) na tentativa de trazer a família de Kaysar para  o Brasil - a Globo não poderia fechar os olhos pra esta situação- .

De ridículo, a insistência de Jéssica Muller, a mais interesseira e oportunista em usar coroa e intirular-se de princesa. Pelas suas atitudes dentro da casa, passou muito longe disso.

Com o 2º lugar de Kaysar no jogo, é capaz de seu "amor" pelo sírio minguar continuamente até seu "príncipe" virar um belo sapo.

No quesito audiência, o programa final conquistou o maior índice desde 2011: 32 pontos de média  e 60% dos televisores sintonizados e uma média final de 25,5 no Ibope.

Longe das páginas policiais que marcou algumas edições, como a anterior, a 18ª ficará marcada pelas marcas alcançadas, como a mais longa prova de resistencia do formato no mundo, pela heterogeneidade de seus participantes e por conquistar sem apelar para a vulgaridade e baixaria, provando o formato ser muito vivo, atraente ao público, tendo a Globo, condições de explorar essa ideia por mais algum tempo.  

Por hoje é só! 

Obrigado pela sua audiencia! Até a próxima e “com fé, trabalho e esperança, tudo se alcança”.   

Igor Matheus – ator, jornalista e radialista.
Voltar
Site desenvolvido por: