22/05/2018 - 04:56

Avô de garoto morto em acidente continua internado, mas não corre risco

Aline Oliveira
Correio do Estado
O avô do garoto de 10 anos, morto em acidente de trânsito na manhã desta segunda-feira (21) em Campo Grande, Joel Pereira da Silva, 57 anos, permanece internado na Santa Casa da Capital e o estado de saúde, de acordo com informações da assessoria é considerado estável. 

No acidente, testemunhas informaram que um motorista de caminhão seguia pela Rua Pedro Pedrossian e ao fazer a conversão para entrar na Avenida Lúdio Martins Coelho, acabou batendo na lateral da motocicleta que estava na via. Com o impacto da batida, Joel e o neto foram arremassados há alguns metros no asfalto.

Apesar do socorro prestado pelo Corpo de Bombeiros e o  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a criança teve uma parada cardiorrespiratória e faleceu antes de ser encaminhada para o hospital. Já o avô precisou de atendimento médico, pois, teve escoriações e estava desorientado.

Conforme informado pela Santa Casa, foram realizados exames neurológicos que identificaram traumatismo craniano leve e ortopédico, o qual não identificou nenhum outro trauma. No entanto, segue em observação em razão da violência da queda.

INQUÉRITO POLICIAL

O delegado da 6º Delegacia de Polícia Civil, Edemilson José Holler, informou que foi aberto um inquérito  e o motorista do caminhão responderá por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Pelo fato do envolvido não ter fugido do local e não apresentar sinais alcoólicos, responderá o processo em liberdade.
Voltar
Site desenvolvido por: