16/08/2017 - 13:56

Três Lagoas está incluída no percurso do Rally da Pecuária em MS

Rally também deve passar po Campo Grande e Cassilândia neste mês

JP NEWS
A Equipe 7 do Rally da Pecuária 2017 estará no Mato Grosso do Sul na última semana da expedição para avaliar a produtividade do pecuarista sul-mato-grossense e realizar eventos técnicos. A expedição chega a Três Lagoas na próxima quinta-feira, dia 17, após deixar Campo Grande, onde o coordenador do Rally, Maurício Palma Nogueira, fará palestra sobre as perspectivas da pecuária de corte no Brasil na Acrissul (Associação dos Criadores de MS). Na sexta-feira (18), deixará o estado seguindo para São José do Rio Preto (SP), onde a expedição será finalizada com novo evento técnico.

A primeira cidade de Mato Grosso do Sul a receber o Rally da Pecuária será Cassilândia, no dia 15. No dia seguinte, realiza encontro com produtores da região de Camapuã, no Salão Conviver, às 19h.

Percurso 

O Rally da Pecuária 2017 teve início em 8 de maio no Rio Grande do Sul, com a equipe 1. Na sequência, a equipe 2 percorreu o Oeste e Norte do Paraná, o Oeste de São Paulo chegando ao Triângulo Mineiro. Nesse percurso, os técnicos realizaram quatro eventos oficiais e seis oficinas de produtividade. Após avaliar a região de Palmas (TO) e Redenção (PA), os técnicos da equipe 3 foram ao Nordeste e Médio-Norte do Mato Grosso.

A equipe 4 prosseguiu no Mato Grosso, onde realizou evento em Alta Floresta, seguindo para Cotriguaçu e Juína, finalizando a etapa em Vilhena (RO). Já a Equipe 5 percorreu o Acre, Rondônia e o Mato Grosso, onde visitou áreas no Vale do Guaporé, na penúltima equipe, 6, avaliou regiões onde predominam confinamentos, em Goiás.

 Logística e metodologia

O Rally acontecerá até 18 de agosto, levando a campo 7 equipes que percorrerão cerca de 70 mil quilômetros em 11 estados responsáveis por 86% da produção de carne e 82% do rebanho nacional - Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Acre. 

Para coletar informações, as equipes utilizam levantamentos qualitativos pelo contato direto com produtores e lideranças regionais, e quantitativos, por meio de amostragem de pastos, índices zootécnicos, composição do rebanho, estimativa de confinamento, sistema de gestão e produção permitindo uma avaliação consistente das produções e realidades regionais.

Estratégia em campo

Nesta edição, serão realizados 12 eventos para produtores e profissionais do setor e 10 “oficinas da produtividade”. O Rally da Pecuária inovará no formato dos eventos e profissionais da Agroconsult e das empresas patrocinadoras irão interagir com o público presente, formado por produtores e técnicos do setor, para gerar debate sob o tema “Produtividade e eficiência: o que era diferencial agora é sobrevivência”. Estatísticas e análises dos dados levantados das últimas edições indicam tendências preocupantes para os players do mercado pecuário. Essas tendências, e as melhores alternativas para os produtores se anteciparem a elas, serão exploradas também ao longo dos eventos.

Outra novidade é a apresentação de análises econômicas que, pela primeira vez, serão exclusivamente elaboradas a partir dos dados do público entrevistado em anos anteriores. O grau de democratização das informações geradas pelo projeto será bem maior, com análises inéditas.
Voltar
Site desenvolvido por: