14/05/2018 - 04:49

Força do amor vence o tempo e a distância e mãe reencontra os filhos em Campo Grande após 44 anos

Por Camilla Jovê
G1/MS
Após 44 anos de separação, uma aposentada, moradora de Campo Grande, conseguiu meste ano reencontrar os filhos. Para Eva Pereira da Silva, ou simplesmente, dona Eva, este domingo, Dia das Mães, vai ser mais que especial, vai ser a demonstração que a força do amor vence o tempo e a distância.

A história da dona Eva começa na cidade de Cianorte, no Paraná. Lá ela se casou e teve nove filhos. Mas seu marido faleceu e ela se casou novamente. Foi então que perdeu contato com os filhos. Só quem ficou com a mãe foi Luzia, que na época da separação tinha dois anos. Foi a filha, que é chefe de gastronomia em Campo Grande, que ajudou a reunir a família.

“Foi o destino né [que provocou a separação]. A dificuldade da vida. Minha mãe toda a vida trabalhou na roça e com isso foi se distanciando um do outro”, explica a filha.

Dos outros filhos de dona Eva, a maioria foi parar em cidades do interior de São Paulo. Alguns mantinham contato entre si, mas da mãe ninguém tinha notícias, nessas quatro décadas.

A vontade de ver a família reunida, acabou ganhando uma forcinha da internet. Somente com uma foto antiga e com a ajuda da rede, Luzia acabou encontrando os irmãos. O reencontro e os abraços tão esperados ocorreram em janeiro deste ano em Campo Grande.

O momento foi tão especial que virou um porta-retratos na sala de dona Eva. “Eu olhava e não acreditava. Será que é minha mãe mesmo eu pensava, quase não acreditando”, diz um dos filhos “reencontrado”, o mecânico Pedro de Souza Pimentel.

Aos 83 anos, dona Eva não tem dúvidas, este Dia das Mães será o melhor de todos, na companhia dos seus filhos. No sofá da casa dela em Campo Grande, entretanto, um lugar ainda permanece vazio, é o filho Vilson, que pelas contas da família deve ter aproximadamente 47 anos de idade.

A única pista encontrada pela família até agora é que ele estaria no Paraná. Uma informação que pode parecer vaga, mas que trás muita esperança.
Voltar
Site desenvolvido por: