13/06/2018 - 07:00

“Vamos ligar o pantanal com estradas transitáveis o ano todo”, diz Azambuja

Assesoria
JD1 Noticias
Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (12), o resultado da licitação para implantação e cascalhamento em trechos complementares das rodovias MS-228 e MS-423. O objetivo do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul é melhorar a logística e o cenário econômico e social da região do Pantanal. Foram investidos R$ 10.473.989,90 para as obras.

“Vamos ligar os pantanal de Corumbá, Aquidauana, Rio Verde e Coxim por estradas transitáveis o ano todo”, garantiu o governador Reinaldo Azambuja.

As obras prevê o prolongamento da MS-423, no trecho entre a vazante do Riozinho e a fazenda Pica-Pau, e na rodovia MS-228, entre as fazendas Conceição e Pica-Pau, perfazendo um total de 65 quilômetros de extensão.

O secretário de estado de infraestrutura, Helianey da Silva pondera que essas estradas são de extrema importância para os pantaneiros e que este é um pleito antigo. “As estradas são fundamentais para os produtores da região que precisam escoar boi e levar mantimentos para suas propriedades. É o governo reconhecendo e trabalhando pela pecuária”.

Outras obras

Atualmente na rodovia MS-228 o governo realiza a implantação e o cascalhamento de 19 quilômetros entre a vazante do Castelo e a fazenda Conceição, que recebem recursos da ordem de R$ 3 milhões. Na MS-423 já estão concluídos os serviços em 34 quilômetros, entre a Serra da Alegria (Rio Verde) e a fazenda Morrinho, que receberam R$ 3,5 milhões.

Segundo a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), também aguarda ordem de início de serviço em outro trecho da MS-228, que totaliza 40 quilômetros de extensão e investimentos que chegarão a R$ 8 milhões.

Os recursos destinados para os investimentos na região do Pantanal são próprios do governo, da fonte Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário) e vão ultrapassar os R$ 25 milhões.
Voltar
Site desenvolvido por: