06/10/2017 - 13:17

Professora é presa por estuprar aluno deprimido: 'Só queria fazê-lo feliz'

Segundo informações da polícia, o estupro aconteceu dentro do carro da professora.

Blasting news
Uma professora foi presa e condenada a cinco anos de prisão, acusada de agressão sexual contra um aluno de 11 anos, na cidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. A professora foi identificada como Katherine Gonzalez, de 25 anos. Para a Polícia, ela é a principal suspeita de ter abusado sexualmente de um menino de apenas 11 anos. Segundo a professora, o aluno estava muito triste e deprimido e ela teve contato sexual com ele para fazê-lo feliz. Conforme informações da imprensa local, a mulher foi presa em 5 de março deste ano.

Professora é julgada e condenada a 5 anos de cadeia por ter contato indecente com aluno
Katherine foi julgada e condenada a cinco anos de prisão no dia 28 de setembro.

A mulher trabalhava na Escola Atlas Preparatory Academy e dava aulas para alunos da quinta série. Segundo informações da polícia, o caso só veio à tona, quando familiares da vítima foram até a polícia e registraram uma queixa contra Katherine, relatando que a professora estava tendo um comportamento inapropriado com a vítima.

Professora envia mensagens e fotos indecentes para vítima

Durante o trabalho de investigações, a polícia descobriu que a professora conversava e enviava fotos indecentes para a vítima através do Snapchat e Instagram. As investigações também apontaram que a professora teve contato indecente com o aluno fora da escola.

A acusada diz que abusou do menino pelo fato dela estar nervosa com pedido de casamento

A professora também prestou depoimento para a polícia. Conforme consta, a mulher confessou que teve contato indecente com o aluno, alegando que ela estava muito nervosa.

Segundo ela, era pelo fato do seu namorado ter lhe pedido em casamento.

Professora diz que o aluno estava deprimido e só queria fazê-lo feliz
Durante sua sentença, a professora pediu desculpas para a família da vítima, alegando que ela tinha cometido o crime sem pensar nas consequências. De acordo com a imprensa local, a mulher relatou que o menino estava muito triste e deprimido, e teve contato com ele ficar mais feliz.

Uma professora foi presa pela polícia na quarta-feira (4), acusada de ter relações sexuais várias vezes com um aluno de 17 anos, na cidade de Maine, nos Estados Unidos. A mulher, que foi identificada como Jill Lamontagne, de 29 anos, é casada e mãe de dois filhos, vai responder pelo crime em liberdade após ter pago uma fiança de US $ 1.000 (cerca de R$ 3.200)





 
Voltar
Site desenvolvido por: