20/01/2018 - 07:04

Setor de logística deve contratar 400 motoristas em Três Lagoas

Por Ana Cristina Santos
JP News
O setor de logística de Três Lagoas deve contratar, no primeiro semestre deste ano, 400 motoristas carreteiros para atender a área florestal. Esse foi o número previsto de contratações feitas, ano passado, por uma empresa de celulose ao diretor da Casa do Trabalhador, Welton Alves.

O setor, segundo Welton, contratou no ano passado, mais de 300 pessoas. É um dos que mais tem aberto oportunidade de trabalho em Três Lagoas. “A logística impulsionou bastante o setor de contratação na cidade. Acredito que chegou a 500 contratações. Eles contrataram 300 carreteiros, com categoria E, no ano passado, sem experiência, e deram um curso de qualificação para inseri-los no mercado de trabalhador”, comentou.

O diretor da Casa do Trabalhador orientou para quem estiver desempregado, ou em busca de novo emprego, para que faça curso nesta área, pois tem previsão de abertura de novas vagas de trabalho.
Alves destacou que, em Três Lagoas, é possível as pessoas realizarem o curso para a mudança de categoria da CNH. A função exige categoria E. De acordo com o diretor, existem áreas que os trabalhadores encontram dificuldades para conseguir emprego. Por isso, orienta que busquem qualificação.

COMISSÃO

Ainda de acordo com o diretor, será criada uma Comissão de Emprego e Renda para analisar algumas situações. Entre elas, a necessidade das empresas contratarem pessoas com qualificação, mas que ainda não têm seis meses de experiência. “Com isso, poderemos inserir muito mais pessoas no mercado de trabalho. Além disso, essa comissão vai discutir outras situações, como o primeiro emprego, a questão dos agenciadores...”, adiantou.

 Em 2017, a Casa do Trabalhador de Três Lagoas ofereceu 1.517 vagas de trabalho, e encerrou o ano com 37.272 atendimentos . Ao todo, a agência pública de empregos de Três Lagoas tem 39.075 cadastros. Em 2017, 7.274 pessoas deram entrada ao seguro-desemprego na Casa do Trabalhador.

 Ainda segundo o diretor, para este ano, as perspectivas são melhores do que no ano passado. “Esse ano deveremos ter mais vagas de trabalho disponíveis. No ano passado, devido ao término das obras do projeto de expansão da fábrica de celulose da Fibria , o município fechou com saldo negativo na geração de empregos, conforme o Caged [Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego], mas para esse ano, deveremos fechar com saldo positivo”, destacou.

A grande expectativa para este ano, de acordo com Welton Alves, é a retomada da fábrica de fertilizantes da Petrobras, que deve demandar de um número considerável de trabalhadores.

Diariamente a Casa do Trabalhador de Três Lagoa tem disponibilizado mais de 20 vagas de trabalho. Dependendo do dia, o número é bem maior.  
Voltar
Site desenvolvido por: