12/02/2019 - 02:16

Homem usa tesoura para matar o namorado após discussão

G1
Um mecânico foi morto pelo próprio namorado com um golpe aplicado por uma tesoura, de pelo menos 20 centímetros, na casa em que viviam em Apiaí, no interior de São Paulo. Marcos Antônio Patrão, de 40 anos, se relacionava com Lucas Rafael Bzuneck, de 23, há menos de um ano. Ele foi preso em flagrante. As informações foram divulgadas pela polícia na manhã desta terça-feira (12).

Segundo a polícia, o ataque, motivado por uma discussão por motivo desconhecido, ocorreu no bairro Cordeirópolis. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para atender uma ocorrência de um suposto mal súbito em uma casa, na Rua Copacabana.

Chegando ao local, uma das socorristas encontrou a vítima caída em um dos quatros, com um corte profundo na região do tórax. Suspeitando do fato, equipes da Polícia Militar foram acionadas e, no local, questionaram Bzuneck, conhecido popularmente como ‘Tábata’, sobre como a vítima havia se ferido daquela forma.

Antes disso, testemunhas relataram que, por volta das 21h, o casal havia discutido. O fato não levantou suspeita já que brigas entre os dois eram frequentes. Entretanto, por volta de 1h, outra vizinha foi procurada por Bzuneck que, nervoso, confessou que, durante a briga, havia matado Patrão.

Para a polícia, o jovem alegou que morava com o mecânico há aproximadamente 11 meses e que, frequentemente, era agredido. No dia do crime, sob o efeito de bebidas, Patrão partiu para cima dele, tentando enforcá-lo. Para se defender, ele pegou uma tesoura e o atingiu no peito.
Ainda em depoimento, Bzuneck também confessou que tentou retirar os vestígios da ação criminosa, limpando manchas de sangue que se espalharam pelo chão da sala e no corpo da vítima, na intenção de ocultar a autoria do crime.

Bzuneck foi preso em flagrante pelo crime de homicídio qualificado, e levado pela PM, que também apreendeu a tesoura usada no crime, à carceragem da delegacia da cidade. Após audiência de custódia, ele foi transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Capela do Alto, no interior paulista.

Já a vítima, natural de Iperó, também no interior, chegou a receber os primeiros socorros, mas teve morte confirmada antes mesmo de chegar a uma unidade de saúde. O corpo foi encaminhado para a cidade natal, onde será sepultado na tarde desta terça-feira (11).
Voltar
Site desenvolvido por: