19/06/2017 - 10:28

Lula, Bolsonaro e Dória, são os mais citados em MS para presidente do Brasil

Lula é o que apresenta maior rejeição com 23,83%, já Bolsonaro apresenta 4,83, enquanto Dória garante o menor índice entre os três, 2,76%

Ranking Pesquisas
Diário da Mídia
O Instituto Ranking realizou uma pesquisa de opinião entre os dias 8 a 18 de junho de 2017 em 17 municípios de Mato Grosso do Sul.

A pesquisa foi contratada pelo site Diário da Mídia. No levantamento foi avaliada a administração federal, estadual e do município de Campo Grande, assim como intenção de votos para possíveis candidatos a presidente da república, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Além de Campo Grande foram recolhidas amostras nos municípios de Aquidauana, Bonito, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Verde de Mato Grosso, Nova Alvorada e Três Lagoas.

Os números mostram como está a avaliação do presidente Michel Temer e qual a intenção de votos para presidente da república nas próximas eleições.

O presidente Michel Temer apresenta 4.83% de avaliação ótima boa, 34.13% de regular, 51.40% ruim e péssima e 9.64% não responderam ao questionamento.



De acordo com o levantamento anterior realizado de 1 a 10 de março pelo Instituto Ranking Comunicação e Pesquisa, Michel Temer apresentou queda considerável de avaliação positiva veja os números: 16,03% ótima boa, 31,83% regular, 45,63% ruim e péssima e 6,51% não responderam.

Possíveis presidenciáveis

Nos números divulgados nesta segunda-feira mostram como se comportam os eleitores sul-mato-grossense de forma espontânea e estimulada com possíveis nomes a presidente da república. Os três primeiros nomes na preferência do eleitor do estado se repete tanto na forma espontânea como na estimulada, mostrando o ex-presidente Lula (PT) liderando a pesquisa, seguido pelo deputado federal, Jair Bolsonaro (PSC) em terceiro lugar, o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB).

Quando analisados os números de rejeição, dos três nomes citados acima, Lula é o que apresenta maior rejeição com 23,83%, já Bolsonaro apresenta 4,83 de rejeição, enquanto Dória garante o menor índice de rejeição entre os três, 2,76% de rejeição, segundo o levantamento.

Indefinição

Devido às mudanças no cenário político, prisões, escândalos, descrédito dos cidadãos em relação à classe política e até ao judiciário, os levantamentos realizados tem apresentado mudanças significativas que apontam variações consideráveis no comportamento do eleitor brasileiro e do Mato Grosso do Sul. É impossível apontar seguramente qual será a decisão do eleitor brasileiro para escolher os próximos representantes.  O quadro é de total indefinição e ao que tudo indica deve continuar nebuloso durante muito tempo.
  
Veja os números completos deste primeiro levantamento nos gráficos a seguir:

Espontânea:

 
Estimulada:


Rejeição:

 
Voltar
Site desenvolvido por: