30/01/2018 - 04:44

Mecânico de bicicleta na capital de MS ensina comunidade o ofício e doa meio de transporte

Por TV Morena
G1/MS
O mecânico Valdemir Dias luta diariamente para reconstruir bicicletas e doá-las aos mais necessitados, além de repassar o conhecimento aos moradores do bairro Jardim Inápolis. Criador da ONG "A Semente Projeto Esperança", usa a paixão de infância para fazer o bem.

O bairro é distante do Centro de Campo Grande e a casa é pequena. Mas todos os dias são montadas bicicletas que, além de ser um divertimento às crianças, também é o principal meio de transporte da comunidade.

Valdemir aprendeu a montar bicicletas sozinho. Ele conta que tudo começou quando tinha 12 anos e não tinha condições de comprar uma bicicleta nova. Daí comprou uma do irmão por um preço mais acessível e começou a transformá-la, para do seu jeito.

A dona de casa Silvana Cabanha comenta a importância da bicicleta para quem mora na região. "Ônibus é muito demorado, a bicicleta é ideal. Vai mais rápido e chega mais rápido também", disse ela.

As doações do meio de transporte iniciaram há dois anos, momento em que Valdemir quis transformar o sonho de criança em realidade. Ele ganhou várias carcaças de bicicletas que estavam paradas. "Dessas 30 carcaças, eu coloquei 17 de pé e doei", disse o mecânico.

Aos poucos, a casa simples começou a ficar conhecida na região e a receber cada vez mais pessoas. Hoje, o local funciona como uma oficina aberta a todos que desejam ajudar e aprender o ofício do fundador do projeto.

Lá, as doações são separadas em um lugar especial, sucatas são compradas e até mesmo o lixo é vasculhado a procura de novas peças. Toda a bicicleta é reconstruída na oficina, desde a pintura até a montagem do meio de transporte.

Henrique, por exemplo, é um morador da região que recebeu ajuda de Valdemir para construir uma nova bicicleta para ir ao trabalho. A vontade da própria comunidade em aprender o ofício do mecânico deu uma grande satisfação.

"O meu interesse não é montar bicicleta para a comunidade. É ensinar a comunidade a montar a própria bicicleta", explicou o mecânico.

Já a dona de casa Leda Maria Lopes nunca imaginou que trabalharia na oficina, mas acabou ajudando na montagem de bicicletas para toda a família. "Então sempre quando a gente tem tempo a gente vem e ajuda a montar bicicleta para doar para outras crianças que precisam, né" disse a dona de casa.

Assim, os moradores do bairro se mobilizam cada vez mais em prol da ONG para levar um meio de transporte para quem precisa. Até mesmo as crianças estão aprendendo que tudo fica muito mais valioso quando outra pessoa é beneficiada.
Voltar
Site desenvolvido por: