quarta-feira, fevereiro 21, 2024
InícioAcrePescadores Descobrem Corpo em Saco no Rio no Interior do Acre

Pescadores Descobrem Corpo em Saco no Rio no Interior do Acre

Em uma manhã sombria de sexta-feira (15), pescadores fizeram uma descoberta angustiante às margens do Rio Abunã, no município de Plácido de Castro, interior do Acre: eles encontraram o corpo de um homem dentro de um saco boiando nas águas.

O corpo, lamentavelmente, já estava em avançado estado de decomposição, o que tornou necessária a intervenção das equipes do Instituto Médico Legal (IML) para sua retirada. As autoridades policiais suspeitam que a vítima seja Erivaldo Gomes de Paiva, um homem de 49 anos que estava desaparecido desde a última terça-feira (12).

Paiva residia em Acrelândia, um município vizinho, e havia viajado até Plácido de Castro com a finalidade de realizar algumas cobranças. No entanto, sua presença foi registrada pela última vez em um bar da cidade.

A polícia iniciou uma investigação rigorosa para esclarecer as circunstâncias desse triste acontecimento e, atualmente, trata o caso como homicídio. A principal suspeita é que Paiva tenha perdido a vida devido a uma dívida de jogo.

Identificação da Vítima

O corpo encontrado pelos pescadores nas águas do Rio Abunã, interior do Acre, foi oficialmente identificado como sendo de Erivaldo Gomes de Paiva, um homem de 49 anos. A confirmação foi obtida através de exames cadavéricos conduzidos pelo IML.

Paiva, que residia em Acrelândia, um município vizinho, havia viajado até Plácido de Castro para realizar cobranças e foi visto pela última vez em um dos bares da cidade.

A polícia continua a investigar o trágico acontecimento como homicídio, com base na suspeita de que a vítima tenha perdido a vida devido a uma dívida de jogo.

Suspeitos Sob Custódia

As autoridades policiais agiram com rapidez e prenderam dois homens que são apontados como suspeitos de envolvimento na morte de Erivaldo Gomes de Paiva. Os suspeitos foram identificados como José Maria de Freitas, de 37 anos, e Antônio da Silva, de 50 anos.

Ambos os homens foram detidos em Acrelândia, onde residiam. Em uma reviravolta chocante, eles confessaram o crime e revelaram que a motivação por trás desse ato terrível estava relacionada a uma dívida de jogo.

No momento, os suspeitos permanecem sob custódia, aguardando os desdobramentos do processo legal e a justa aplicação da lei.

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

POPULAR