12/01/2018 - 12:16

Mulher denuncia estupro coletivo e agressões em pátio de igreja por 6 horas

Por Graziela Rezende
G1/MS
Uma mulher de 34 anos compareceu à delegacia para denunciar que foi estuprada por 2 homens, no pátio de uma igreja em Sidrolândia, a 64 km de Campo Grande. A polícia inicia o segundo dia de buscas nesta sexta-feira (12).

De acordo com a vítima, que registrou ocorrência às 5h55 (de MS), do dia anterior, ela seguia para comprar cigarro em um posto de combustíveis, quando foi abordada por três homens. Todos teriam estatura entre 1,60m e 1,70m. Um deles seria branco e gordo. Os outros morenos e magros. Além disso, a jovem relatou a vestimenta dos suspeitos.

A mulher conta que ficou das 22h de quarta-feira até a 4h do dia seguinte. Ela ressaltou que nunca os viu anteriormente na cidade e que, a todo momento, era violentada e xingada com socos e chutes no queixo e na barriga. Quando os homens a liberaram, ainda conforme a vítima, o perseguiram até as proximidades da sua casa e, em seguida, fugiram.

O caso foi registrado na delegacia do município. O crime de estupro é considerado hediondo, com pena de reclusão que pode chegar até 15 anos
Voltar
Site desenvolvido por: