27/12/2017 - 12:58

Azambuja diz que não tem medo de enfrentar Puccinelli

Correio do Estado
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), durante agenda desta quarta-feira (27), ao ser indagado sobre o ex-governador André Puccinelli (PMDB), disse que está tranquilo e que não se preocupa com adversários que terá de enfrentar em 2018. “Quando você entra para qualquer disputa não escolhe o adversário. É uma escolha da população política”, afirmou. 

Mesmo reforçando que vai defender “legado” de gestão, o governador coloca a responsabilidade eleitoral nas mãos do partido. “Entreguei a questão eleitoral para o partido, mas entendo que temos um legado. Ser gestor em tempos de crise não é fácil e nós vamos brigar por este legado”, disse Azambuja.

O governador lembrou também das eleições de 2014, criticando a atitude de seu rival, o ex-senador Delcídio do Amaral (PT). Na ocasião, segundo Azambuja, o petista teria se precipitado, acreditando que venceria o tucano no pleito que definiu o governador do Estado para 2014 a 2018.

“Teve gente nas eleições anteriores que estava com terno comprado para tomar posse, mas esqueceu de combinar com a população. Quem decide é a população, é a voz dela que é soberana”, disse o líder do Executivo ao reforçar que candidatos não podem comemorar a vitória antes da apuração das urnas. 

Delcídio perdeu de Azambuja por 44.66% contra 55.34%. Foram 143.055 votos a mais para o tucano. O pleito foi definido no segundo turno.
Voltar
Site desenvolvido por: