26/10/2017 - 13:38

Michael Bisping responde processo por estrangular jovem funcionário de academia

Campeão dos médios do UFC, Bisping teria se irritado e agredido o rapaz por ele ter guardado um peso que o inglês ainda estaria usando

Ig Esportes
A pouco mais de uma semana de enfrentar o canadense Georges St-Pierre, no UFC 217 , em Nova York, e defender o título do peso médio da organização, o inglês Michael Bisping foi processado por ter agredido um jovem de 19 anos em uma academia.

Antonio Georgakopoulos afirma que o Michael Bisping o agrediu na academia 24-Hour Fitness, onde trabalha, no dia 31 de julho. O processo judicial foi aberto pela Corte Superior da Califórnia, em Orange County e as informações foram divulgadas pelo site TMZ . O lutador e sua equipe não deram nenhuma declaração sobre o assunto.

De acordo com o processo, Georgakopulous trabalhava com um colega na academia e os dois foram pegar alguns pesos para guardá-los no lugar correto. Seu companheiro de trabalho, que não teve o nome divulgado, ouviu alguém gritar com Antonio por ter guardado os halteres e o xingando de "idiota" e "babaquinha".

Na sequência, Bisping teria dito: "Você não sabe quem eu sou". No processo consta ainda que o campeão do UFC teria esticado o braço direito e esganado Georgakopolous por "dois ou três segundos", o que o impediu de respirar.

Outro funcionário, mais forte, teria chegado para separá-los, mas Bisping gritou novamente e ordenou que ele ficasse afastado. Logo depois, outras pessoas que trabalham na academia teriam chegado e separado os dois, além de tirar as pessoas que estavam em cima para ver o que estava acontecendo de perto. A polícia de Anaheim registrou o caso como ataque e agressão.

Segundo o site MMA Fighting , o sargento Daron Wyatt, oficial responsável pelas relações públicas da polícia de Anaheim, revelou que não houve prisão. Após as investigações, concluiu-se que "não havia evidências suficientes para se abrir um processo criminal".

O processo, no entanto, diz que o jovem tem tido pesadelos, dificuldade para dormir e ansiedade por conta da agressão feita pelo inglês. A empresa WWE-IMG, controladora do UFC, também é citada no processo por ter responsabilidade indireta de causar sofrimento emocional de forma intencional. Além da academia, por negligência na supervisão de suas instalações.

Carreira

Atual campeão dos médios do UFC, Michael Bisping tem 38 anos e conquistou o título, que foi de Anderson Silva por muito tempo, após derrotar Luke Rockhold por nocaute, em junho do ano passado. Ao todo, são 30 vitórias no MMA e sete derrotas. O inglês luta no UFC desde 2006 e é profissional de artes marciais mistas desde 2004.
Voltar
Site desenvolvido por: